28 novembro 2010

muro de pedras.

 




Detesto esse pré-conceito com pessoas implícitas.
Só porque eu não digo, não quer dizer que eu não sinta.
E como sinto, talvez sinto pior, sinto um terremoto dentro de mim.
Mas o pior é sentir o terremoto, e ficar ali, parada, séria, cética, imóvel, sem nenhuma palavra a dizer.
Acho que existe um tipo de pessoa que não pode saber a verdade, porque não aguenta.
Talvez sinceridade demais, seja prejuízo.
Mas seria melhor esconder? 
Pra mim não.
A verdade dói, e minha opinião também. Esse é o motivo deu sempre ser calada.
Não me acho uma pessoa ruim, sem sentimentos. Claro que não, tenho sentimentos até demais, pelo meu gosto, mas eles estão escondidos, num canto que eu não lembro onde guardei.
Irresponsabilidade minha que falei?
Ou sua que fez?
Não sei. 
Meu refúgio tem sido os relatórios que tenho feito, passo o dia aqui, sentada e calada.
Levanto, vejo velhos e novos amigos. Sorrio.Nunca foi tão difícil sorrir.
Penso que tudo está bem, mas de repente não está mais.
Meu canto de paz, deixou de ser paz, e o que existe agora é um silêncio gritante, que fere mais do que um bombardeio de palavras.
Talvez eu seja (in) diferente, mas não sou não, eu acho.
Eu só não entendo porque as coisas ficaram assim, tão críticas, apesar de quase não te dizer, eu te amo. Talvez não seja orgulho pra você eu ser assim mãe, mas um dia, eu espero que você entenda que a cada problema que não foi resolvido, foi colocado uma pedra no assunto, e talvez foram tantas pedras,que construiu-se um muro entre nós duas.
Apesar de tudo, das mudanças entre nós duas, eu te amo.
Mesmo que as minhas palavras sinceras, ter machuquem.
Entenda, eu precisei dizer a verdade.

Reações:

13 comentários:

  1. Tem certas coisas que também prefiro não dizer.
    Como você disse, algumas pessoas não aguentam a verdade.
    Mas procuro sim ser o mais sincera possível.
    Procurando evitar que essa sinceridade machuque.
    Mas nem sempre é possível.
    Costumo guardar meus sentimentos, para protegê-los e me proteger.
    Quando nos mostramos demais, ficamos muito mais vulneráveis.
    Mas guardar os sentimentos não é la uma coisa tão boa.
    As vezes dói, é difícil.
    E então vamos enchendo o coração, guardando estas coisas, e de repente explode tudo.
    E aí voa cacos pra todo lado.

    Pedras não resolvem.
    Apenas nos deixam mais "duras", resistentes, cheias de barreiras.

    Algumas a gente consegue romper.
    Outras, nem com todo o esforço do mundo.

    Adorei o post, flor.
    BeijO!

    ResponderExcluir
  2. Me encontrei praticamente 100% com seu post!

    Às vezes fico quieta, pois quando abro a boca nem sempre saem palavras doces e meigas.
    Me sinto numa espécie de capa. Por fora sou aquela garota alegre e destemida,mas por dentro há uma grande confusão que eu nunca consegui entender.

    Creio que sou uma das pessoas que mais usam seus sentimentos, mas não é só pq os uso que preciso ficar falando pra todos ouvirem!

    Adorei o post!
    Muito bom!

    ResponderExcluir
  3. O direito de calar é sagrado, não gosto de quem não o respeita, me incomodam as invasões, desde sempre.

    Um beijo.

    ℓυηα

    ResponderExcluir
  4. Ás vezes a verdade doi e magoa tanto, que é melhor ficar calada mesmo...que pena esse muro entre vc e sua mãe, mas a vida tem disso...não vivemos em comercial de margarina, nossos pais tb tem defeitos, ás vezes insuportáveis...e mesmo assim devemos amá-los...bju

    ResponderExcluir
  5. AMEI esse texto. Juro que me senti descrita em cada palavra. Parece que tu escreveste pra mim, sou exatamente assim. E por mais que digam que sou um monstro, indiferente e derivados, no fundo eu sei que não sou. Como diz Maroon 5 "Is not what I didnt feel, is what I didnt show".

    =*

    ResponderExcluir
  6. Oi
    Eu sei como é se sentir assim, terrivel quando há um muro entre quem amamos e nós mesmos, mas infelizmente, existem coisas que temos que dizer. Ou o muro se tornará mais alto.

    Bju e boa semana

    ResponderExcluir
  7. Sinceridade acima de tudo, eu estou contigo flore, por mais q doa é melhor dizer a verdade e até mesmo escutar, nao me vejo vivendo na mentira

    hehe

    Beijos e otimo texto

    ResponderExcluir
  8. Eu estou aprendendo a ser como tu, a ficar na minha, sabe? Eu era tão coração, e tão tudo, e tão elétrica e ansiosa, que fazia as coisas acontecerem mesmo quando não era a hora certa. Acho que te mantendo quase sempre fria por fora, e acalorada por dentro, as coisas ritmam direitinho!
    Beijos, guria.

    ResponderExcluir
  9. "Mesmo que as minhas palavras sinceras, ter machuquem.
    Entenda, eu precisei dizer a verdade."

    Adorei, de verdade.

    ResponderExcluir
  10. O silêncio é um direito concedido à todos, como a palavra tb, o complicado na vida é sabermos a hora certa de usarmos tal ''arma''.

    guarde os teus sentimentos, disse para guardar, não aprisionar dentro de ti, na hora certa, pessoa certa, vc vais aber como deixar bem exposto..que hora é essa? éa hora em que vc não quiser pensar em mais nada a não ser curtir a felicidade.

    ResponderExcluir
  11. Olá adoro seus textos, você é sempre tão profunda! Parabéns ... Volto sempre!

    ResponderExcluir
  12. Achei essa forma linda de dizer:" Olha, vc é importante!" Tudo! E eu te compreendo e te entendo totalmente..Fica bem tá?! Bju

    ResponderExcluir
  13. A conquista pela arte é sempre deslumbrante.
    E ainda existe o lance da timidez, do respeito e da descoberta de outros sentimentos que estavam ali, querendo apenas ver a luz.

    Eu vou seguir.

    ResponderExcluir