30 julho 2015

Folha em branco

Recebi a folha em branco para escrever informações pessoais.
E em meio a correria do dia-a-dia eu refleti no que poderia significar aquela folha. 
Poderia ser nossa história -  apesar de vazia - era exatamente assim que ela se encontrava. A única certeza que eu tinha é que não estava nada certo. Quando eu decido não querer mais, você vem me fala dos seus medos, anseios, pede paciência e pede que eu fique na sua vida. Existe algo que me prende quando você conversa comigo. Talvez sua voz mansa que me acalma, ou seu olhar terno, sério e ao mesmo tempo indecifrável. Pode ser a forma como você prende seu cabelo, ou o jeito que você anda.. Ou até mesmo o jeito que você sorri ou o som da sua risada e até a forma como entende o que eu quero. São muitas coisas, mas ao mesmo tempo não é nada. O nada que eu ainda não escrevi nessa folha por medo de errar. Errar não sei o que também, porque a única coisa que eu quero é cuidar de você, da mesma forma que você cuida de mim. Retribuir o bem que tem me feito, até nas coisas mais banais. Não por obrigação, mas por carinho, não digo por amor, porque tenho medo quando o amor entra na história e não quero que essa palavra seja pronunciada sem que ela seja sentida. Eu prefiro sentir tudo isso que sinto por você. Esse carinho, essa vontade de ficar perto e de cuidar. Sorrir pra nossa história foi a decisão mais bonita que tomei nesse dia tão conturbado. E apesar de não saber nunca o que significa suas frases - talvez eu mesma não queira entender - eu prometo que vou esperar pelo nosso destino.
Reações:

2 comentários:

  1. Essa história parece ter continuação :n :n :n :n :n

    ResponderExcluir