08 janeiro 2011

Limpando com um pano sujo

Durante três meses eu me vi feliz e fiz de tudo pra demonstrar o que sentia.
Mas, como eu poderia demonstrar algo que praticamente não existia?
É muita complexidade pra mim, não poder pegar na mão, não poder ti beijar e não poder dizer um simples eu t..
Eu tive crises internas, tive raiva de coisas que eu não podia fazer.
Tinha vontade de por o dedo na tua cara e lhe falar todas as coisas que você poderia ter feito também, porque eu não fui a única errada ali.
Dizer como você tava errado e reclamando besteira.
Como disperdiçamos tempo...

E se eu tivesse trocado quando tinha oportunidade?
E se eu tivesse aceitado aquilo?
E se eu nunca tivesse feito nada de errado?
E "se" não irá mudar nada agora.
Só vou limpar uma coisa com um pano sujo se ficar pensando "SE"
Mas do contrário, não vou virar a página, eu a rasguei com medo de lê-la novamente.
( o ruim, é sempre ter os pedaços guardados e uma maldita fita adesiva chamada saudade. )

Feito por Moemi Lima e Andressa Tavares.

___________
Meme dos 30 dias.
Uma foto que me deixa irritado/triste.
Pensei em postar minhas fotos com o Rodrigo, mas não tenho mais.
E lembrei da pessoa que eu mais queria que estivesse comigo agora.
Meu avô.
Isaac Teixeira.
Reações:

6 comentários:

  1. pooooooxa andressa que texto lindo!!!
    o pior de tudo é ficar com esse sentimento de "se eu tivesse feito"

    bola pra frente amiga.

    sinto muito pelo seu avô :/

    ResponderExcluir
  2. Meu bem, tanta coisa poderia ter sido diferente "se" tivessemos feito de outra forma..
    Mas fazemos escolhas o tempo todo.
    Temos um leque de escolhas e quando decidimos um caminho, a escolha tá feita.
    Sim, no outro caminho poderia ser diferente.
    Mas este foi o caminho que seguiu. Esta foi a escolha.
    Então não adianta pensar nos "SEs" mesmo.
    Nós fazemos o que somos capazes, escolhemos o que nos parece mais apropriado, mais bonito, mais confortável ou que nos faça bem NAQUELE MOMENTO.
    SE as coisas não saem como planejamos, algo de bom com certeza foi lucrado.
    E podemos pegar um atalhozinho, mudar um pouco a rota, seguir outras estradas.
    O que não dá é continuar numa estrada que não leva a lugar nenhum e que é um caminho árduo, que só nos traz infelicidades.

    Tentar é preciso.
    E escolher é inevitável.

    adorei o post.
    E quanto ao teu avô, por mais que seja clichê dizer isso, acredite. Está sempre com você.
    :)

    BeijO grande, minha querida!

    ResponderExcluir
  3. Amiga.. Lindo o texto.. O final então.. Sabia que iria colocar a foto do seu avô! Saudades! (Tenho que te contar algo)

    ResponderExcluir
  4. o e "se" realmente nao resolve nada pq nao adianta mto pensar no talvez
    as coisas nao sao como agente quer, nem sempre, mas temos q aceitar as escolhas erradas
    hehe


    beijos

    ResponderExcluir