14 setembro 2010

a parte de mim,





eu tenho uma porção de coisas pra te dizer, dessas coisas assim que não se dizem costumeiramente, sabe, dessas coisas tão difíceis de serem ditas que geralmente ficam caladas, porque nunca se sabe nem como serão ditas nem como serão ouvidas, compreende?
mas eu preciso dizer que amo você, que preciso de você e que esse amor cala qualquer coisa que tende a ser parecida ou próxima, eu não quero que você seja na minha vida mais um, porque nem se eu quisesse seria.Vai sempre ser o mais, eu não queria mais dizer que te amo, eu acho muito pouco, te juro que um dia invento uma palavra e vou ao cartório registrar e dedico à você. você tão parecido comigo, que me conquista, que é tão dual, tão diferente, de lua, que é carinhoso e frio assim como eu. você que conquista as pessoas e que as vezes acabam magoando por ser tão sincero assim como eu, você que aprendeu muita coisa com a vida, e até mesmo com as pessoas falsas que até elas fazem um papel importante na vida da gente, assim como eu. nossa alma se uniu,num sentimento que até hoje eu não consegui sentir por outra pessoa.
engraçado,
passaram-se tantos meses e eu pensava que a gente ia ficar assim, nulo, distante, frio, eu sentia um vazio de você. E de novo então me vens e me chegas e me invades e me tomas e me pedes e me perdes e te derramas sobre mim com teus olhos sempre fugitivos e abres a boca para libertar novas histórias e outra vez me completo assim. eu me sinto feliz realizada.
Me perguntaram porque eu era assim com você, e eu respondi,explicava, sorrindo: — Não, gurizinho. Quando a gente gosta mesmo duma pessoa, a gente faz essas coisas.
eu pretendia dizer alguma coisa muito especial pra você, alguma coisa que faria você largar tudo e vir correndo me ver, não sei se um dia conseguiria fazer isso. ;/ 
talvez eu seja um dia capaz. só queria que quando você lêsse você soubesse e pensasse: caralho, a andressa me ama.
mas não quero me alongar, não adianta, não sei explicar. As palavras traem o que a gente sente.
eu escrevi isso pra você saber toda a minha saudade, e o meu amor de sempre.
A gente viveu muita coisa, um passo para a frente e cem para trás. Retrocessos. Descaminhos.Tudo isso é tão íntimo, e eu já estou tão desacostumada de me contar inteiramente a alguém.
Eu me sinto tão fria, tão desligada, tão eu comigo sabe?
mas eu sei que se eu amar alguém, vai ser só você. tenho certeza que sempre vai ser o único homem que eu amei de verdade.
eu te amo 


- dedicada ao meu melhor amigo: Carlos Chandler Maciel! 
Reações:

5 comentários:

  1. como é bom ler voce...
    feliz daquele que te inspira tanto.
    Maurizio

    ResponderExcluir
  2. Amizades assim são verdadeiramente lindas!
    Beijo grande, adorei te ler :*

    ResponderExcluir
  3. Lindo..Muito lindo o texto..Se cuida!

    ResponderExcluir